• Agência Saber Multimídia

Sandro Mabel comemora geração de 185 mil empregos nos dois primeiros meses de 2021



O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, comemorou a geração de 185 mil postos de empregos no setor industrial do País nos primeiros dois meses do ano.

Segundo ele, a geração de novos empregos em plena pandemia decorreu da substituição das importações em razão do aumento da demanda interna. "Com a pandemia, a demanda interna passou a ser mais atendida, aumentando a produção industrial".

De acordo com o dirigente da Fieg, o caminho da substituição das importações deve ser seguido em escala nacional e, particularmente, em Goiás.

"Para gerar mais riquezas e empregos, devemos ir nessa direção, especialmente em Goiás, com a substituição das importações pela industrialização, por exemplo, dos produtos agrícolas e dos minérios", assinalou.

Mabel disse que a indústria brasileira está demonstrando sua força e será o principal eixo de sustentação na retomada da economia do País. "Estamos dando respostas concretas ao País. Só pedimos que nos deixem trabalhar e garantam vacinas para que possamos produzir e criar milhões de empregos", sublinhou.