• Agência Saber Multimídia

Goiás Fomento amplia valor do limite para financiamento de verbas do FCO

Micro, pequenas e médias empresas podem solicitar até R$ 490 mil, sem a necessidade de apresentar Carta-Consulta. Anunciado a ampliação do limite de financiamento às empresas goianas com recursos do FCO e operacionalizados pela Goiás Fomento, inclusive sem a necessidade de emissão de Carta-Consulta para aprovação no CDE/FCO.


A medida visa desburocratizar o acesso e acelerar a tomado do recurso, bem como ampliar a oferta para valores mais coerentes com a demanda existente, subindo de 100 mil para 490 mil. Os microempreendedores individuais, os chamados MEI, possuem linhas com limites de R$ 30 mil, com encargos financeiros pré-fixados a ordem de 4,79% a.a. para investimento e capital de giro associado (média maio) e 5,97% a.a. para capital de giro dissociado.


Para o FCO empresarial, financiamento limitados a R$ 50 mil, é exigido a figura do avalista, um ou mais, sendo que a renda deste(s) somada deve ser, no mínimo, três vezes o valor da maior parcela. Já para valores superiores a R$ 50 mil, será exigida alienação fiduciária de imóvel, com valor igual ou superior a 150% do valor da operação contratada A relação da documentação necessária encontra-se disponibilizada no sitio da Goiás Fomento. (https://www.goiasfomento.com/), devendo ainda serem apresentados Projeções Econômico Financeiras ou até mesmo Projeto de Viabilidade Econômica-Financeira.


Informações: Assessoria Econômica/COTEC (claudiohenrique@sistemafieg.org.br).


CENTRAL DE

ATENDIMENTOS

Goiânia
4002 6213
Demais Localidades
0800 642 1313

© FIEG 2020 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | DESENVOLVIDO POR AGÊNCIA SABER MULTIMÍDIA

  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca ícone do YouTube