• Agência Saber Multimídia

Aplicativo da Fieg baliza retorno das atividades econômicas em Aparecida de Goiânia

Termo para utilização da plataforma Retomada Responsável dos Negócios é assinado nesta segunda-feira (27/04) e prevê retorno escalonado das atividades produtivas




Retomar a economia com responsabilidade. Com esse propósito, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, recebeu o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, para assinatura do termo para utilização da plataforma Retomada Responsável dos Negócios no município. A reunião, realizada nesta segunda-feira (27/04), na Casa da Indústria, foi acompanhada pelo secretário municipal de Fazenda, André Luis Ferreira da Rosa, e pelos superintendentes do Sistema Indústria Paulo Vargas (Sesi e Senai) e Humberto Oliveira (IEL).

Segundo o prefeito Gustavo Mendanha, o município perdeu cerca de R$ 188 milhões em receita durante o período da quarentena. O gestor reconhece que a pausa nas atividades produtivas foi importante para conter o contágio acelerado em um primeiro momento, mas que é preciso retomar o comércio e a indústria de forma responsável.

"É importante dizer que é uma responsabilidade compartilhada por todos. Tanto empresários quanto as pessoas que vão sair às ruas que usem máscaras, os trabalhadores usem EPIs e as empresas sigam todas exigências sanitárias pré-estabelecidas, inclusive para avançarmos na abertura para outras categorias", afirmou Mendanha. Nesse momento da pandemia, o prefeito destacou ainda a contribuição da Fieg, que somou esforços no combate ao desenvolver e disponibilizar gratuitamente ao município uma ferramenta altamente capacitada.


A partir de amanhã, os empresários vão poder acessar a plataforma para verificar os estabelecimentos que estão liberados para retorno das atividades. O acesso poderá ser realizado via site da Prefeitura de Aparecida de Goiânia (www.aparecida.go.gov.br) ou diretamente pelo endereço www.retomadaresponsavel.com.br, disponibilizado pela Fieg.

Para o presidente da Fieg, Sandro Mabel, Aparecida de Goiânia sai na frente ao pensar de forma estratégica a retomada das atividades produtivas. "O prefeito Gustavo e o secretariado têm agido rapidamente. Logo que apresentamos a plataforma, já foram envolvidos todos os secretários e foram feitas as adequações, inclusive aprimorando a ferramenta para as necessidades do município", observou.

Na opinião de Sandro Mabel, Aparecida de Goiânia tem atuado em diversas frentes, buscando a retomada da economia, inclusive com lançamento de programas de crédito para pequenos comerciantes. "Esse é o momento que é preciso ter visão, força e determinação e o prefeito de Aparecida tem mostrado essa disposição no enfrentamento da crise".


O QUE É A PLATAFORMA Parte do Projeto para Retomada Responsável dos Negócios, o aplicativo permite que as empresas possam ter autorização de funcionamento de sua atividade econômica por meio de um termo de compromisso, que deve ser impresso e assinado. Nesse documento, a empresa tem de atender a uma série de requisitos sob pena de sofrer sanções determinadas por lei, caso os mesmos não sejam cumpridos.

O empresário deve acessar o sistema, fornecendo um e-mail previamente cadastrado e o CNPJ de sua empresa. O programa filtra a atividade econômica, a região e a operação de acordo com a permissão determinada pelo município. Após a validação de todos os dados, se a empresa se enquadrar nos parâmetros, será disponibilizado para impressão o termo de compromisso personalizado e que deve ser assinado pelo responsável e afixado em local visível.

Além disso, o sistema permite o monitoramento do avanço dos casos de Covid-19 no município, sendo possível abrir e fechar estabelecimentos comerciais considerando bairros com avanço do número de casos de coronavírus.

CENTRAL DE

ATENDIMENTOS

Goiânia
4002 6213
Demais Localidades
0800 642 1313

© FIEG 2020 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | CRIADO POR AGÊNCIA SABER MULTIMÍDIA

  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca ícone do YouTube